Ainda a propósito de sessões fotográficas…

Há os assumidos e os disfarçados. Os tímidos! Aqueles seres que fogem às fotografias planeadas, organizadas, marcadas num calendário ou numa agenda electrónica.

Até hoje, só participei nas sessões fotográficas da escola primária e preparatória, onde saíam as melhores fotografias tipo passe e da turma do ano com a professora ao centro. Lembro-me que a minha mãe tinha o cuidado de me vestir a melhor roupa neste dia… ou pelo menos a intenção… revejo-me nas fotos da altura com as golas mais farfalhudas da turma e a poupa mais firme da escola (a minha mãe era cabeleireira). Hoje, uns trinta anos depois… faço exactamente o mesmo à minha filha! Um ano destes, esqueci-me do recado que educadora enviou com a data das fotografias… fiquei para morrer quando percebi que a indumentária da Maria não havia sido estrategicamente escolhida para tão importante “evento”. Salvou-me o facto de ser uma inveterada vaidosa e vestir a rapariga diariamente como se fosse para a festa… o resultado não foi mau, talvez até pelo contrário, estava natural, divertida e reflectiu o dia a dia de uma criança pequena que se quer confortável para as actividades do colégio!

Não fiz sessão de grávida, nem de namoro, nunca levei a minha Maria ao fotógrafo para uma sessão de Natal ou de aniversário. Sempre fugi a sete pés destas fotografias ensaiadas e programadas, nunca percebi muito bem porquê, mas também nunca pensei nisso. Confesso que nos últimos tempos já tive tentada a marcar um encontro de 360 graus com uma fotógrafa minha amiga para ver se ultrapasso este “medo” estranho da objectiva!

No dia da sessão da Marlene e do Dino, a minha amiga Ana Afonso roubou-me uns sorrisos e uns carinhos com o meu “futuro” “noivo”. Senti-me tão, mas tão incomodada, como se estivesse a expor a alma ao Mundo inteiro!

A verdade é que adorei o resultado e quero voltar a repetir. Talvez na sessão do meu 90º aniversário, acredito que nesta altura já não me preocupe com papos, olheiras e cabelos brancos!

Querem ver?

IMG_1728Créditos: @Ana.weddingphotography

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *